Portal Verdes Mares - Site de Notícias de Balneário Arroio do Silva e Região

MENU
Logo
Sábado, 15 de maio de 2021
Publicidade
Publicidade

Política

Câmara aprova projeto de refinanciamento de dívida do Município com INSS

Segundo o secretário de Administração e Finanças, Wanderlei Luciano Nagel, o parcelamento refere-se à dívidas com o INSS dos anos de 2009 à 2012

935
Publicidade
Publicidade
Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Câmara aprova projeto de refinanciamento de dívida do Município com INSS  

Na última sessão legislativa do ano de 2020, realizada na noite desta terça-feira, 15 de dezembro, a Câmara de Vereadores aprovou, por unanimidade,  o Projeto de Lei número 013/2020, de 09 dezembro de 2020, que autoriza o Poder Executivo Municipal, a firmar Termo de Parcelamento de Débitos junto ao INSS, Procuradoria Geral da Fazenda Nacional e Secretaria da Receita Federal do Brasil; referente a débitos previdenciários do Município de Balneário Arroio do Silva e dá outras providências.

Conforme o projeto aprovado, fica o Poder Executivo autorizado pela Câmara de Vereadores, a reconhecer e firmar Termo de Reconhecimento de Débitos, com o INSS, Procuradoria Geral da Fazenda Nacional e Secretaria da Receita Federal do Brasil, no montante R$ 1 milhão, 184 mil, 828 reais e 6 centavos, cujo prazo de vigência será de 60 meses. 
O projeto assegura ao Poder Executivo Municipal o direito de solicitar aos órgãos competentes, a revisão ou correção dos valores devidos, caso verifique posteriormente  a assinatura do acordo, a ocorrência de algum tipo de incorreção ou falha no sistema de cálculos de cobrança das tarifas e sua devida atualização e juros. 
O parcelamento a que se refere a presente Lei será de parcelas mensais de igual valor, mediante recolhimento de Documento de Arrecadação de Receitas Federais  DARF  e ou receitas decorrentes do Fundo de Participação dos Municípios, FPM. O Projeto de Lei, com 8 artigos, foi aprovado por unanimidade pelos vereadores.  

 

Próxima etapa  

Segundo o secretário de Administração e Finanças, Wanderlei Luciano Nagel, o parcelamento refere-se à dívidas com o INSS dos anos de 2009 à 2012.  Em 2017 foi feito um parcelamento de 240 meses, sendo que a atual gestão já havia quitado 36 meses do referido parcelamento. Porém, uma cláusula do Termo firmado em 2017, previa que o Município deveria comunicar o movimento de recursos para a Receita Federal. Como esta cláusula não foi cumprida, a Receita tornou nulo o Termo.
“Com a autorização da Câmara de Vereadores vamos consolidar, de vez, um Termo de Parcelamento de Débito junto ao INSS, Procuradoria Geral da Fazenda Nacional e Secretaria da Receita Federal do Brasil, para que não haja nenhum empecilho nos convênios celebrados com a União.”, concluiu Nagel.

Fonte/Créditos: Assecom Balneário Arroio do Silva

Créditos (Imagem de capa): Foto divulgação

Comentários:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )