Portal Verdes Mares - Site de Notícias de Balneário Arroio do Silva e Região

MENU
Logo
Sábado, 23 de janeiro de 2021
Publicidade
Publicidade

Saúde

*Pessoas em situação de rua são abordadas em ação realizada pela prefeitura com o apoio da PM e conselho tutelar*

Ação foi realizada no antigo hotel paulista, na área central da cidade

244
Publicidade
Publicidade
Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Com a chegada da temporada de verão, pessoas em situação de rua, também conhecidas como andarilhos, passam a ser vistas com mais frequência nos balneários. Preocupada com a situação, a Administração Municipal de Balneário Arroio do Silva realizou nesta segunda-feira (11) uma ação conjunta entre a equipe da Secretaria de Desenvolvimento Social, Polícia Militar e Conselho Tutelar.
Inicialmente foi realizada uma intervenção no antigo hotel paulista, local em que, segundo denúncias, os andarilhos têm utilizado como parada. "Identificamos que o local realmente tem sido utilizado como acampamento. A polícia militar acompanhou a equipe, bem como tivemos o apoio do Conselho Tutelar como precaução, visto que poderia ter menores de idade no local também", conta a diretora de desenvolvimento social, Jucélia Costa.
No momento da intervenção ninguém foi encontrado, mas a estrutura já foi isolada para que não seja mais utilizada como abrigo. Ainda como medida de prevenção e segurança, a prefeitura, por meio da secretaria de planejamento, vai notificar o proprietário da estrutura para dar a devida atenção ao imóvel para que a situação não se repita.
Durante a ação,  a equipe percorreu também a área central, mas não encontrou ninguém. No entanto, o trabalho continua. A Secretaria de Desenvolvimento Social pretende realizar abordagens mais frequentes a fim de prestar a orientação necessária para que as pessoas em situação de rua retornem ao seu município de origem e/ou para junto da sua família. 
"A Polícia Militar costuma nos acompanhar nas abordagens para checar os documentos, a origem destas pessoas, e para prestar o auxílio necessário. As pessoas têm o direito de ir e vir, portanto, as abordagens da secretaria de desenvolvimento social são de orientação e com o atendimento necessário", frisa a assistente social, Valnice Girardi. 
As abordagens são de orientação e visam também manter a segurança do município. A ação foi realizada pela PM, secretaria de desenvolvimento social e conselho tutelar, além de contar com o apoio da secretaria de obras e planejamento urbano.

 

Comentários:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )