Portal Verdes Mares - Site de Notícias de Balneário Arroio do Silva e Região

MENU
Logo
Sexta, 14 de maio de 2021
Publicidade
Publicidade

Saúde

Saúde do Arroio realiza mais um projeto em parceria com a UFSC

Desenvolvimento motor e visual de crianças nascidas com mães positivadas para Covid-19 será avaliado por meio de projeto da Universidade Federal

375
Publicidade
Publicidade
Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Balneário Arroio do Silva

 

O município de Balneário Arroio do Silva recebe mais um projeto realizado pela Universidade Federal de Santa Catarina, campus Araranguá. A Secretaria Municipal de Saúde firmou parceria e inicia a implantação do projeto de pesquisa para avaliar o “Impacto da Covid-19 gestacional no desenvolvimento sensório-motor e visual de recém-nascidos através de técnicas computacionais de análise de imagem”.

O projeto tem como objetivo avaliar o desenvolvimento motor e visual de crianças, de 0 a 2 anos de idade, nascidas de mães positivadas para Covid-19. Essa avaliação será feita pelo grupo de pesquisa prematuridade, do curso de fisioterapia e por meio de ferramenta computacional desenvolvida pelo curso de engenharia da computação da UFSC, pelo professor Dr. Antonio Carlos Sobieranski.

“O que sabemos hoje é que a Covid-19 pode comprometer o sistema nervoso central, porém, não temos evidências sobre quais comprometimentos ocorrem, principalmente na população infantil”, registra a professora do Departamento de Ciências da Saúde da UFSC, Cristiane Moran.

Com isso, o projeto visa identificar possíveis comprometimentos motores e visuais nos recém-nascidos e acompanhar o desenvolvimento infantil, além de promover orientação e encaminhamento para reabilitação. O projeto da UFSC tem o apoio da FAPESC e parceria com a USP e a UFRN. A ação será realizada e desenvolvida sob a coordenação da professora Dra Cristiane Moran, com participação da aluna da pós-graduação em neurociências e comportamento da USP, fisioterapeuta Giovana Rodowanski, e da estudante da graduação do curso de fisioterapia da UFSC, Bruna Marchi, com o suporte e acompanhamento da secretaria municipal de saúde de Balneário Arroio do Silva.

 “Neste primeiro momento as agentes comunitárias do município receberam treinamento para, a partir de agora, iniciarmos um levantamento do número de casos e captação dos recém-nascidos que serão avaliados por meio deste projeto”, explica a coordenadora do programa de atenção primária do município, enfermeira Simone Costa. Este é mais um projeto realizado no município do Arroio em parceria com a Universidade Federal de Santa Catarina.

“Temos a UFSC aqui do lado e a possibilidade de mão de obra qualificada e muito conhecimento. Daremos continuidade aos projetos já existentes e encaminharemos muitos outros. É uma parceria muito boa para o município, e para a universidade da mesma forma, pois todos saem ganhando”, destaca o secretário de saúde, Rogério Ferreira da Costa Junior.

Comentários:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )